Sobre    Contato

Descoberta a cura da ressaca

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cebola crocante sobre ervilha no Momo

Houve um tempo em que eles eram recomendados pelos médicos, a cura para males diversos do esqueleto além de conforto imediato às almas necessitadas. Sem falar no fato de se aproximarem como poucos elementos da sempre sonhada, e jamais descoberta cura da ressaca. Quando o tempo esfria, então, o milagre acontece nas colheres. E os caldos variados, santos caldinhos, deixam corpo e alma revigorados e prontos para as mais variadas aventuras.

“Quando o tempo esfria eu faço. Tem caldo verde, ervilha, feijão, sopa de legumes…”, diz Toninho Laffargue, do Bar do Momo, deixando com os termômetros a decisão diária em seu menu sempre mutante e cheio de surpresas.

No Momo, a versão legumes vem gratinada com parmesão, o caldo verde traz croutons afogados, e o de ervilha leva cebolas fritas crocantes (levemente passadas na farinha) que outro dia ganharam mais de 700 curtidas no Instagram do Toninho.

Noo vai do aipim à canjica doce

A Praça da Bandeira está bem servida nos potinhos e copinhos, e são estes que se vestem com charme na Noo Cachaçaria, onde a cada dia pintam sabores diferentes. A base é de alho, bacon e linguiça (nada mal, hein?) e o aipim é um dos sucessos ao lado de amigos como feijão e ervilha, servidos com torradas da casa, alho frito e salsinha para enfeitar.

Da Frente: creme de cebola e provolone gratinado

Na mesma calçada, quem começa na próxima semana a desfilar sabores líquidos é o Bar da Frente, que acolhe com o creme de cebola e provolone gratinado, ou o caldinho de feijão que vem com carne seca acompanhando no potinho.

Mocotó pra levantar o espírito no Bode

Sentindo falta do Mocotó? Chega ali no Bode Cheiroso porque o negócio é sério e bem servido, e na próxima semana começa a terça-feira (13/06) do caldo, dia em que o freguês pode se servir à vontade por R$ 18, incluindo opções como caldo verde, ervilha e o emocionante mocotó da foto.

Jiló no copinho / Foto Bruno Agostini

E não esquecemos de nosso amado jiló, que vira no Da Gema um dos caldos mais interessantes da cidade. O verdinho se liquefaz em textura aveludada e muito bem temperado, e dessa vez eu quero ver se o leitor que rejeita o fruto não vai lamber os beiços diante da iguaria. Não vai dizer que não curtiu antes de provar, hein?

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhar:

About Author

Leave A Reply

quinze + 6 =