Sobre    Contato

Picanha ao sol do Grajaú

0
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Luz, câmera, e a picanha macia do fim de semana

Por Caio Barbosa

Sabe quando vai chegando o fim de semana e você tem aquele desejo de comer algo diferente, mas não sabe o que, nem onde? Então guarde esta sugestão no seu celular: picanha de sol do Buteco dus Deuses, no Grajaú. Não, não é um prato qualquer, nem é servido todos os dias, apenas nos finais de semana.

Tudo porque a picanha é curada ali mesmo, com a calma e o carinho necessários para encantar você num sabadão ou no domingo da preguiça, aquele que você come e depois tudo o que quer é uma rede ou uma cama macia para esquecer da vida.

O esquema proposto pelo Renato, proprietário da casa, é o mais indecente possível: o prato para uma pessoa serve duas. No de duas, comem três. E assim por diante.

Arroz, tropeiro e aipim na festa

A picanha de sol vem acompanhada por um feijão tropeiro campeão, com torresmos que desmancham na boca, arroz branco e aipim frito acompanhado de manteiga de garrafa. Se você for neste sábado (10/06), a sugestão é não se empanturrar para aproveitar o pagode comandado pelo rapaziada do Samba do Engenho Velho, do impagável Pedrinho da Muda. Rola por lá no segundo sábado de cada mês e posso assegurar que é a fina flor.

No domingo, a sugestão é a sobremesa, feita na brasa. Afinal, não dá para desperdiçar o fato de ter um lindo braseiro na porta do bar. É dele que saem a banana ou o abacaxi, com canela, sorvete de creme e coco caramelizado. Dica preciosa. Vai vendo.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhar:

About Author

Leave A Reply

dezenove − cinco =